Slide


05/04/2016

Livro: Não se apega, não

05/04/2016


Sinopse Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal per-fei-to! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos. Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, com as tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado. Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico.

Faz tempo que li esse livro, mas não tinha o costume de fazer resenhas de livros aqui no blog. Esse ano eu decidi me dedicar mais ao blog e aumentar o conteúdo dele, e isso inclui dividir com vocês as minhas leituras. E se é para falar de livros, achei que seria legal começar com um que foi muito marcante pra mim. "Não se apega, não" foi escrito pela blogueira Isabela Freitas e trata-se de uma mistura de ficção e realidade que teve origem em um dos textos publicados em seu blog.

Usando uma linguagem bem atual o livro conta a história de Isabela, uma garota/mulher de 22 anos que decidiu desapegar de tudo aquilo que não lhe faz bem. E para dar início ao desapego, ela terminou um namoro de dois anos, pois mesmo formando um casal bonito com o Gustavo, ela não se sentia feliz ao lado dele.

"Não é porque sorriem, se beijam e andam de mãos dadas que são felizes."

Uma foto publicada por Ana Carolina 🌙 (@aninhacarolina) em


Com o novo status de relacionamento, agora solteira, Isabela busca ser forte retomando o amor próprio sem precisar estar namorando para se sentir completa e feliz. Pra isso, ela conta com a ajuda dos seus melhores amigos, Pedro e Amanda, que possuem grande importância na sua vida.

"Eu só queria uma certa calmaria antes que viesse uma nova tempestade. Porque você sabe, elas sempre vêm"

Como a personagem ainda é muito apegada, ela acaba se iludindo com alguns rapazes, vivendo algumas situações, contadas de forma bem divertida, que toda mulher já passou ou passará em algum momento da vida. Dessa forma o livro se torna um bom conselheiro de relacionamentos.

Quotes:

"Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase: "você deve encontrar a metade da sua laranja". Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos."

"Você deve primeiro aprender a ter êxito satisfazendo as suas necessidades para depois se relacionar com alguém. Só é feliz a dois quem já é feliz sozinho."

"A gente tá sempre procurando por algo que dê um frio na barriga. Nem que precise andar em uma montanha-russa, subir, subir, com a certeza de que daí a alguns segundos a queda será fatal."

"A vida é uma eterna roda gigante. Oras estamos em cima, ora estamos embaixo. Tudo na vida é mutável, tudo mesmo, inclusive nós. Por isso precisamos aprender a 'deixar ir'. Nada é para sempre, por mais que queiramos que seja."

"Desapego não é desamor."

Você encontra mais trechos do livro em: escrevo-aqui.tumblr.com/tagged/não-se-apega-não