1/15 metas para 2015 - Carteira de Motorista

23/06/2015


No inicio do ano eu fiz um post sobre as minhas 15 metas para 2015, então achei que seria legar falar das realizações também. Estou um pouco atrasadinha, a primeira meta que cumpri foi aprender a dirigir. Recebi a minha carteira de habilitação no final do mês de março, mas só agora pensei em falar sobre isso.

Quem me acompanha no blog viu que eu fiz as aulas teóricas (CFC) e a prova teórica no ano passado, mas faltava coragem para iniciar as aulas práticas de direção. Adiei o máximo que pude, mas se eu não fizesse essas aulas eu iria perder tudo que já tinha feito da parte teórica, além do dinheiro. Não tive como escapar, e fui fazer essas tão temidas aulas. Então percebi que dirigir não é nada difícil, antes eu tinha medo até de ligar o carro, só que quando estamos em um carro de auto escola, tudo fica mais seguro, porque além do instrutor te ajudar ele tem o controle do freio e embreagem. Logo no primeiro dia de aula eu aprendi a ligar o carro, controlar a embreagem, mudar a marcha e fazer rampa. Ou seja, não adianta adiar nossos objetivos por medo, uma hora vamos ter que enfrentar mesmo, e quanto antes fizermos isso, melhor. Outro drama é prova prática, alguns vícios de direção são considerados faltas, cada falta tem um valor diferente, ao ultrapassar 3 pontos, a pessoa está reprovada.

Faltas leves valem um ponto cada uma, esse é um tipo de falta cometido pela distração, como por exemplo, não ajustar os espelhos retrovisores ou apoiar o pé no pedal da embreagem com o veículo em movimento.

Faltas médias valem dois pontos cada uma, se você fizer parte do percurso da prova sem estar com o freio de mão totalmente livre, já acumula esses pontos, assim como usar a buzina sem necessidade.

Faltas graves valem três pontos cada uma, e o nome diz por si só. São considerados faltas graves: não usar a seta, não dar preferência ao pedestre que estiver atravessando, não usar devidamente o cinto de segurança, perder o controle da direção do veículo em movimento, entre outros. Se você cometer uma falta grave, não pode cometer mais nenhum erro.

Faltas eliminatórias não importa se você não cometeu erros antes, as faltas eliminatórias não somam pontos, elas reprovam direto, são elas: não conseguir fazer a baliza em (no máximo) três tentativas no tempo estabelecido, avançar sobre os pontos da baliza, andar com o carro na contramão, provocar um acidente durante a prova, exceder a velocidade máxima da via, entre outros.

O mais difícil da prova é controlar a ansiedade, o percurso não é nada além do que aprendido em aulas. Para não cometer faltas basta prestar atenção nos detalhes, como a seta, espelhos retrovisores, sem ter pressa de iniciar a prova.

Resenha: Unhas Autoadesivas - Belliz

20/06/2015


Oi Senhoritas! A resenha de hoje mostra o quanto as industrias de beleza estão cada mais preocupadas em deixar o nossa vida mais prática. Sabe quando a unha quebra bem curtinho, ou quando surge um mega evento e não deu tempo de fazer as unhas? Antes era um drama, mas esse sofrimento de não estar com as unhas impecáveis acabou. E não pense que estou falando de uma simples unha postiça, que você tem o trabalho de passar cola, estou falando de unhas autoadesivas da Belliz.

Sobre o produto: Unhas autoadesivas Nude. Fáceis de aplicar. Dispensam o uso de cola. Duração de até uma semana. Contém 24 unhas postiças autoadesivas.



Aplicação: 1) Comece fazendo o teste do tamanho. Retire as unhas postiças da embalem e teste-as sobre as suas unhas, depois posicione-as na ordem de aplicação. 2) Após selecionar todas as unhas, comece a aplicação retirando a película da unha a ser aplicada. 3) A parte mais fina da unha onde a aba está localizada de ser encaixada próximo a base da cutícula. 4) Comece fazendo o encaixe na base da cutícula e depois encoste e pressione a unha postiça sobre toda a superfície da sua unha. Não manuseie água nos 30 minutos seguintes.
Remoção: pós deixar as unhas de molho em água morna por 10 minutos, retire as unhas postiças levantando-as cuidadosamente a partir da base da cutícula, nunca puxe a partir da ponta da unha. Se a cola ainda estiver muito resistente, você pode umedecer os cantos das unhas com removedor de esmalte e utilizar um palito de manicure para ajudar a remoção.
Recomendações: Para a aplicação, suas unhas devem estar limpas e secas. Não utilize se a sua unha ou cutícula estiver ferida ou com irritações alérgicas. Não utilize as unhas postiças se você for alérgica à algum dos componentes.
Composição: ABS plstic, Acrylates Copolymer.




Minha opinião: Decidi usar as unhas autoadesivas quando uma das minhas unhas tinha quebrado, e adorei o resultado. A aplicação é fácil e rápida, resolvendo o problema da má aparência das unhas. As unhas autoadesivas são numeradas em parzinho, o que facilita na hora de escolher o tamanho certo. Como o produto é feito com uma cola em gel, as unhas ficam mais altinhas próximo a cutícula, mas esse detalhe só é perceptível quando você olha bem de perto mesmo, não achei que isso seja algo negativo do produto. Depois de uma semana uma das unhas descolaram, mas as outras permaneceram bem coladinhas, são difíceis de retirar, por isso é importante seguir os passos de remoção citados a cima. A cola em gel é fácil de remover do produto, então acredito que seja possível reutilizar as unhas autoadesivas como unhas postiças, mas como eu não tenho cola, não testei essa possibilidade. Concluindo, estou muito satisfeita, produto aprovado.

Suéter Preto e Saia Floral - Conjunto She In

13/06/2015


Lembra da loja parceira do blog, a Sheinside? Então, ela mudou o nome para She In Shine Out, mas o preço continua o mesmo, e as roupas cada vez mais lindas. Para provar isso, eu escolhi um conjunto do site, composto por um suéter preto e uma saia floral.





A saia é bem rodadinha e deixa o look super feminino, e pode ser usada durante o ano todo, no inverno é só combinar com uma meia calça. O suéter, você pode usar com uma camisa por baixo, ou apenas o suéter mesmo. Corre no site e aproveite que o conjunto está em promoção, pelo preço de uma peça só, mais detalhes no site http://goo.gl/cnbhXg.



Escova dental Curaprox - I Love You

09/06/2015


Nessa semana do Dia dos Namorados, sinto que o amor está no ar. E foi imaginando as diferentes formas de demonstrar o amor que resolvi falar sobre a edição especial I Love You da Curaprox, que são perfeitas pra quem está pensando em juntar as escovas.

Eu já fiz um post aqui no blog (Resenha: Escova Dental - Curaprox) falando sobre a qualidade do produto, mas o que faz dessa edição ainda mais especial é que unindo as duas escovas forma um coração nas cerdas. Um amor de escova.





Sobre o produto As cerdas são a parte mais importante de qualquer escova. Na CURAPROX, ao contrário de outras marcas, não é usado nylon para fazer as cerdas, mas os finos e delicados filamentos de CUREN®. Uma revolucionária fibra de longa durabilidade que oferece até dez vezes mais resistência à ruptura.

Para fazer a resenha eu recebi o conjunto de escovas nas cores rosa e azul, mas existe três opções de conjunto: rosa/rosa, azul/azul e rosa/azul.

Eu estou in love por essas escovas, se você também ficou assim, é só procurar nos principais pontos de vendas da CURAPROX: Drogasil, Drogaraia, Drogaria São Paulo, Drogaria Iguatemi, Drogão Super, Farmais, Supermercados Walmart, Supermercados Pão de Açúcar, e nos sites www.farmadelivery.com.br e www.personalbuyers.com.br.






5 motivos para você amar a calça cintura alta

06/06/2015


Quando se trata de roupas tenho certeza que você já escutou a expressão "Isso está na moda!" "Isso está fora de moda". O mundo da moda está sempre inventando algo novo, mas como nesse mundo nada se desperdiça, tudo se transforma, as vezes é reinventando o velho que descobrimos uma peça incrível para montar um look. E foi nessas indas e vindas que eu me apaixonei pela calça cintura alta, hoje também conhecida como "calça hot pants". Já faz alguns anos que esse modelo entrou no meu guarda-roupa, no começo eu parecia o alienígena da faculdade, já chegaram a perguntar por que eu usava "aquela calça tão estranha" e mesmo assim eu continuei usando e ainda comprei mais. Até fiz um, post sobre uma delas aqui no blog, Calça Cintura Alta - Sheinside. E agora você vai entender o porque eu amo tanto essa peça.

1. Modela o corpo.
Sou da geração da calça baixa, que deixava a barriga aparecendo um pouquinho, e quanto mais justa era a calça, melhor. Ou não, quando eu tinha 12 anos até que não ficava nada mal, mas a questão não é só essa e sim o que a calça baixa pode fazer com o nosso corpo após um tempo contínuo de uso. Como ela comprime a baixo da barriga, ela favorece o aparecimento do famoso e temido pneuzinho. E é por isso que eu amo a calça alta, porque ao contrário da outra, ela comprime a cintura, ajudando a modelar o corpo, quer motivo melhor que esse?



2. Alonga a silhueta.
Eu sou baixinha e faço de tudo para disfarçar isso. Uso salto e abuso da ilusão ótica, e a calça alta é uma ótima aliada na hora de alongar a silhueta, pois com a cintura marcada as pernas parecem mais longas.

3. Deixa o visual mais elegante e feminino.
O top cropped é uma graça, mas se não souber como usar o look fica vulgar. O ideal é sempre combinar com uma calça, shorts ou saia de cintura alta, que não tem erro, o look fica bem mais elegante. Isso é válido para qualquer modelo de blusa e camisa.



4. É democrática.
A calça cós alto fica bem independente da idade e do tipo de corpo, resumindo, ela disfarça o excesso de quem é mais cheiinha (desde que não seja de lycra) e modela a cintura de quem é sequinha e não possui curvas. E não é só, esse modelo de calça também combina com diferentes ocasiões, vai bem no trabalho, no almoço em família, no barzinho... é uma peça coringa e milagrosa.

5. Deixa o seu look mais autêntico.
O auge da calça de cintura alta foi nos anos 70, nos anos 90 voltou a cintura média e em 2000 só deu calça de cintura baixa. Como as calças altas ficaram desaparecidas por muito tempo, ao usá-la você cria um visual diferenciado, mais autêntico, por sair do comum.



Os cinco motivos ainda não foram suficientes? Então fique sabendo que usando uma calça cintura alta você não tem que ficar preocupada se o "cofrinho" está aparecendo. Agora eu quero saber se fui ou não fui convincente.